domingo, 28 de dezembro de 2008

Feliz ano Novo para Todos


      Feliz ano novo pra todos. Dito isto, desejo muita saúde, pois, no final das contas, não é comum ver alguém feliz doente. Contudo, é forçoso desejar que todos adoeçam, ao menos uma vez por ano, haja vista que, as nossas chagas farão felizes nossos valorosos médicos. Assim todos sorriem, nós com a cura, e os médicos com os honorários. Desta forma, fiquemos enfermos sim, mas que todos se recuperem loguinho mas...
      Mas se desejo felicidade a todo mundo, desejo também que alguns, mesmo que poucos, morram, porque é preciso fazer a felicidade do cemitério, agente funerário, padres e pastores que vendem a vida eterna, e porque não, de alguma carpideira que choraria muito se a imortalidade chegasse a terra.
     Por isso tenho que desejar muito dinheiro no bolso de todos...porque dinheiro não traz só felicidade...mas também COMPRA...Afinal, é com dinheiro que pagamos os analistas, psiquiatras e adquirimos os prozacs da vida não?
      Mas se é para felicidade de todos, desejo que alguns fiquem sem dinheiro, assim poderão fazer a alegria dos bancos (se sufocando no cheque especial ou pedindo empréstimos) ou dos empresários (aceitando subempregos e remuneração baixa).
      Desejo paz na terra e violência zero...Mas a felicidade de Busha, Blairs Rabins e tantos outros ditadores depende de muitas guerras e armas vendidas... Então,que seja, que hajam guerras mas que ao menos o resto do mundo se livre da violência...No entanto, se algum desvairado matar por fome de dinheiro, de poder ou pela "honra" ao menos ele fará feliz algum policial, advogado, juiz e promotor, todos dependentes da imoral e maus costumes sociais.
      Enfim, desejo a todos é felicidade mesmo....Seja ela qual for, mesmo aquela que de repente se esconda na dor alheia ou na desgraça total.
      Mas antes de tudo, desejo a todos coragem para lutar e ser feliz...ou melhor, lutar para colher os memoráveis momentos, instantes, que são a felicidade nessa vida tão marcada pela Melancolia...mas...
Se lhe convém não lutar e chorar baixinho em algum canto escuro, e, se essas lágrimas de alguma forma te martirizem e te faça sentir um ser especial, mesmo que apenas na sua mente... chore, cale-se, enfim feliz ano novo.

by Adriano Cabral

2 comentários:

  1. Ótimo texto este, hein...
    Com um perfil dicotômico ressalta o que muitas vezes não pensamos quando desejamos apenas coisas boas para as pessoas. Mas realmente, acho que tudo na vida é assim, vivemos constantemente competindo, ainda que inconscientemente. Para que alguém ganhe algo é necessário que um outro alguém perca ou deixe de ganhar, da mesma forma pode ser vista a felicidade. Esta, sendo alcançada por todos, em algum momento trará momentos de tristeza e dor para alguns.
    O texto é bastante interessante.

    ResponderExcluir
  2. Muito bom texto.

    Só resalto que: "padres e pastores 'venderem o céu'" me soou como uma desilusão religiosa.

    Mas o céu, meu caro, é muito real, mas do que nós pensamos.

    ResponderExcluir

É sempre bom ler o que você tem a dizer! Se possível deixe a cidade de onde você esta teclando.